quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

RAJA CORAÇÃO... O GALO DEPENADO

Raja 3 a 1 no Atlético.
A imprensa brasileira, em sua totalidade, dava vitória fácil do Galo sobre o Raja Casablanca.
Não viram o jogo dos marroquinos contra o Monterrey.
Podem ter assistido, mas não viram.
As pessoas, muitas vezes, enxergam o que imaginam, não o que acontece.
Cegamente, disseram que o alvinegro era melhor.
Jornalistas chegaram a apostar em 5 a 0 para os brasileiros.
Agora mesmo, depois do jogo, jornalistas da Globo - Lédio Carmona e Belleti -  continuam dizendo que o Galo é o time grande e que o Raja é o time pequeno.
Que o Galo é melhor.
Não é.
O Raja tem ótimos jogadores e, taticamente, é superior.
É melhor treinado para o futebol contemporâneo.
Joga compacto.
Os brasileiros jogaram um jogo de 10 ou 15 anos atrás... espalhados em campo.
Os marroquinos se agrupavam defensivamente, tomavam a bola e saíam em velocidade no vácuo que havia entre o ataque e a defesa do brasileiros.
Cuca tomou um passeio do obscuro treinador marroquino.
Talvez, agora, os chineses retirem a proposta que fizeram a ele e levem o técnico do Casablanca.
Ontem, escrevi que seria um jogo duríssimo e que, para ganhar, o Galo teria de jogar com intensidade absoluta do primeiro ao último minuto.
Não jogou.
Não conseguiu jogar.
Cuca assistiu a vitória do Raja sobre o Monterrey, mas só viu o que queria. 
Estava totalmente errado quando disse que o Raja jogaria fechado na defesa.
Escrevi isto aqui ontem.
O Raja não tem características de time defensivo como o campeão chinês treinado pelo retranqueiro italiano.
Cuca não se preparou para enfrentar um time de toque de bola rápido que se defende e ataca com intensidade todo o tempo.
O Galo concluiu mais vezes e teve um pouco mais de posse de bola.
O Raja concluiu menos, mas criou as melhores oportunidades.
Poderia ter feito, pelo menos, cinco gols.
Deixar de lado o campeonato brasileiro ou usá-lo para treinar para o mundial de clubes foi uma decisão errada.
O time desaprendeu de competir.
Agora, com a noite descendo, está acontecendo uma festa azul em Belo Horizonte.
Buzinaço, foguetes, gritos ecoam pela cidade inteira.
Os gritos de "Zêroooo" contrastam com o silêncio de "Galooo".
Os atleticanos estarão se proibindo de circular pela avenida RAJA Gabaglia.



Um comentário:

  1. galo se preparou para enfrentar o Bayer e esqueceu que tinha o Raja antes !

    ResponderExcluir